domingo, 29 de maio de 2011

A Disney dos adultos

Reencontrei duas amigas neste fim de semana. Fazia tempo que não as via e elas me apareceram com uma historinha que vale a nota.

DÁLIA: Doug, a gente foi na feira erótica.

EU: Ai, ai, a. Estou decepcionado com vocês...

VIRIDIANA: Por que?

EU: Decepcionado porque vocês foram e não me chamaram. Mas contem-me. Como foi a experiência?

A partir de agora, o texto segue os depoimentos de Dália e Viridiana, duas moças comportadas e de família. Abre aspas...

Poucas vezes eu me diverti tanto. Era a Disney de adultos. Vários estandes coloridos com equipamentos que jamais imaginei. Eram fantasias, cremes, gels, óleos e apetrechos. Tinha até uma perereca fake com calor humano e umidade. Meti o dedo para ver se era verossímil e bateu nojinho. Experimentei umas loções e aqueles troços grudam na pele que nem tatuagem. Fiquei com cheiro de motel por horas. Me assutei com o tamanho de alguns... "brinquedos". Alguns não são compatíveis com uma fêmea humana. Digo, o trem é muito maior que o túnel.

Nós vimos brinquedos... aliás, pode chamar de "brinquedo", né? O negócio é para o lazer, então vou chamar de brinquedo mesmo. Então, vimos brinquedos coloridos, fosforescentes, lisos, com texturas e com formatos para todos os gostos. O mais concorrido era o Coelho. Lembra do Coelho, não? Aquele de "Sex and the City". Menino, era um sucesso.

E tinha um trambolho chamado pitbull, que era uma metralhadora com um pênis na extremidade. Você apertava o gatinho e o troço parecia uma britadeira. Uma mulher encaixada naquilo seria destroçada ou viraria foguete. No fundo, bate uma curiosidade sobre a usabilidade do produto e seus benefícios, sabe?

Além dos utensílios para uso pessoal e irrestrito, a gente achou também atrações. Encontramos um touro mecânico em forma de pênis. O anúncio dizia: "quanto tempo você consegue ficar em cima?". Fofo, né? Ah, alguns estandes tinham strippers em ação. A gente viu até o Jason, de "Sexta-Feira 13", tirando a roupa. No final do espetáculo, ele tirou até a máscara e ficou com o facão à mostra. Confesso que ele estava mais interessante mascarado. Vida que segue...

Havia também uma câmara escura. Na verdade, duas: uma para meninos e outra para meninas. Lógico que a gente foi conferir, né? Lá dentro, era escuro e rolava umas mãos mais sapecas com uns tapinhas e tals. Eu tomei uma carimbada na bunda que deve ter deixado as digitais do indivíduo gravadas em mim. O mais engraçado é que dois moços entraram também na câmara feminina e saíram com um sorriso de orelha a orelha.

A gente não encontrou atrizes de filmes eróticos, mas Angela Bismarchi estava lá para divulgar o seu livro. Acho que ela errou e pensou que era a Bienal do Livro. Fiquei na dúvida sobre o que me assombrou mais: Angela Bismarchi lançando uma obra literária ou o físico de lutador de MMA dela.

Ah, Doug... você tinha que ter ido. Na próxima, a gente te liga. Pena que vai ser só no ano que vem. Se dependesse de nós, teria todo mês.

Fecha aspas.

E aí, você foi? Eu não. Dei mole. Teria pauta para uns três ou quatro textos, fora novas ideias marotas.

QUAL A MORAL DA HISTÓRIA,
HE-MAN?
Amiguinho, perceba o sinal dos tempos: você fica em casa vendo Manchester e Barcelona, enquanto suas amigas de família estão se esbaldando na feira erótica. E o pior é que o evento ficava a dez minutos da sua casa. Trouxa! Você poderia ter ido para me contar se alguém está comercializando indevidamente apetrechos com a minha marca. A espada do Homem mais Poderoso do Universo faz um sucesso que eu vou te contar. Ah, a melhor parte destes eventos é constatar como as mulheres estão muito mais desencanadas em relação ao sexo e seus brinquedinhos (ou brinquedões). Amiguinha, evite colocar fotos de biquíni nas suas redes sociais. Você pode virar alvo de pervertidos ou de chacotas. Até a próxima!!!

4 comentários:

Maria disse...

"meti o dedo para ver se era verossímil e bateu nojinho"... é...

[rindo horrores aqui]

Sandro Ataliba disse...

Essas histórias são tão peculiares que parecem inventadas, embora a realidade grite através delas.

Mais um daqueles de despertar boas risadas.

Abraço!

Surfista disse...

SANDRO, minha criatividade cascateira não vai tão longe. Até aumento um pouco, mas o depoimento é verídico!

Mulherzinha Sim! disse...

Poxa, agora fiquei com a sensação de também ter perdido uma boa.

Bjo