domingo, 7 de junho de 2009

O frio e o Rio

O Rio de Janeiro tem um rótulo difícil de tirar: cidade do sol, do sal e do sul, Rio 40º, cidade maravilha, purgatório da beleza e do caos e blábláblá. Essa imagem do verão infinito, das areias escaldantes e da mulherada de biquini tira o foco para uma das épocas em que a capital fluminense ganha um charme especial: o outono-inverno.

As praias continuam lá, mas algo muda nas ruas do Rio. Nas esquinas, os termômetros deixam de marcar 30º e delatam assustadores 16º.

Minha gente, 16º em São Sebastião do Rio de Janeiro é motivo para decreto de estado de calamidade pública. Praticamente, uma nova glaciação.

O azul habitual do céu ganha contornos de cinza. Os ventos ficam gelados e as noites exigem que os cariocas tirem do armário aqueles edredons com cheiro de naftalina. Também é o período em que as mulheres da cidade ficam ainda mais charmosas. Os vestidos curtos são trocados por roupas pesadas e botas. Dá até para arriscar um cachecol.

Ah, as botas de couro... Descobri que adoro mulheres de botas. Será um fetiche?

A cidade fica com um ar de preguiça. As manhã são frias e sair da cama é quase uma tortura chinesa. Por outro lado, uma xícara de chocolate quente fica ainda mais saborosa.Também é tempo de ter sempre uma boa garrafa de vinho ao alcance. E os programas a dois são pretextos excelentes para um fondue. Aliás, coincidentemente (ou não), em plena estação gelada, há o fatídico Dia dos Namorados.

Fondue no Rio de Janeiro tem um contexto diferente. A moçada espera o ano inteiro para reservar uma boa mesa no Hansl e encarar as ruas sinuosas do Joá. Uma vaguinha por lá fica disputadíssima, mas vale a batalha. Com a sensação térmica de uns 12º, o casal feliz pode comer com a Barra da Tijuca iluminada na janela.

Momento esclarecedor: o Hansl é um restaurante austríaco muito tradicional na Cidade Maravilhosa. Ele é um dos lugares mais românticos do município e fica especialmente interessante nesta época do ano. Sou da geração em que um jantar no Hansl equivalia a uma declaração de amor das mais sinceras.

No inverno, a cidade fica mais aconchegante, mais europeia. Nós nos vestimos com a elegância dos paulistas, mas ainda temos a praia ao lado. Muitos cariocas desprezam essa época do ano. Eu a adoro.

QUAL A MORAL DA HISTÓRIA,
HE-MAN?
Amiguinho, você deve estar desesperado para descolar um cobertor de orelha neste Dia dos Namorados. Até crônicas fofoletes estão brotando neste seu simpático blog. Daqui do meu palácio em Etérnia, eu posso lhe dizer que acho o inverno carioca muito convidativo. Com a louca das estações, do aquecimento global e das teorias do Al Gore, o Rio de Janeiro não passava por um friozinho gostoso há um bom tempo. Pelo visto, 2009 será a redenção. Então, vá a luta e encontre uma boa companhia. Faça que nem o Rei: que alguém lhe aqueça neste inverno e que tudo mais vá para o inferno. Amiguinho, cuidado com tesouras e objetos afiados. Até a próxima!!!

17 comentários:

Ruiva disse...

Ai, e nesse final de semana me senti quase uma parisiense. De bota e cachecol, me fartei de chocolate quente e capuccino no Cafe Petropolis e no Nostro Cafe.
ADORO o outono-inverno da minha cidade.

Ruiva disse...

E, putz... todo mundo fala desse restaurante. Mas acredita que nunca fui?! A unica vez que fui convidada pra ir la, fiquei doente e nao pude ir.
:-(
O convite nunca se repetiu..
rs

RUInaldinho disse...

Surfista, adoro seus textos...sou leitor assíduo...um abraço!

Anônimo disse...

Popeye disse..."e aí, Surfista, saio do silêncio para enviar uma canção, velha conhecida de todos nós, mas que ganhou um ar divertido (sem deixar de ser romântica), tocada e interpretada por cantores de rua que encontramos no mundo afora...
espero que curtam...
http://vimeo.com/moogaloop.swf?clip_id=2539741

Hei, garoto, não ligue para meu jeito entrão, mas estou com o He-Man, você está doido por um cobertor de orelhas... não deixe passar a oportunidade de estar ao lado de uma boa companhia... ou o Surfista está esperando que alguma mocinha tome a iniciativa de convidá-lo pra sair?

A Olívia manda um abraço.
Dessa vez, eu mesmo quis mandar o recado, compadre, e ela apenas riu pra mim.

Tchau, não apareço mais aqui por um tempo: essa semana o marujo Popeye é só da Olívia; nada de navegar, ela disse! hahaha"

Nanda Albuquerque disse...

Oi Surfista,

se vc acha 16º frio, imagina em Petrópolis, onde eu morava... sair de manhã pra trabalhar era uma tortura!!! Agora, era ótimo pra comer fondue, especialmente quando se tem lareira em casa, que era o meu caso: tuuudo de booom. Um lugar legal pra ir no dia do namorados é o Sabor de Fazenda, em Araras. Agora, aqui em Belo Horizonte é mais difícil achar um fondue. Vou ter que partir pra versão caseira messs.

bêê tóó

JUJUbildes disse...

Doug,
Eu amo inverno! Amo botas, casacos, cachecol, golas rolê, hummm.. tudo de bom, e ainda ficamos super bem arrumados! E nessa época, se há um cobertor de orelha, melhor ainda! E tb é época das festas juninas, dos quentões, das canjicas e dos caldos! Quer coisa mais gostosa??? Se, falar nos vinhos acompanhando os fondues... Inverno é tudo de bom e mais um pouco!
Ah... Nanda Albuquerqque, aqui em BH tem um foundue delicioso no Chalezinho, barzinho que fica na região mais fria da cidade, lá na "Seis Pistas" depois do BH Shopping.
BH tb está entrando na onda do frio, até que enfim! Oba! ;)
Beijocas! E ótimo Dia dos Namorados... pra quem tem um! Vou ficar chupando dedo... :(

Contorcionista disse...

Pra mim, inverno bom é passar em Penedo.

Deborah disse...

Eu não gosto do inverno....tudo que é bom de se fazer nessa época só é realmente bom com um cobertor de orelha.
Tomar vinho, fondue, dormir abraçadinho...

Inverno é depressão!
Buááááááááá

Deborah disse...

Eu não gosto do inverno....tudo que é bom de se fazer nessa época só é realmente bom com um cobertor de orelha.
Tomar vinho, fondue, dormir abraçadinho...

Inverno é depressão!
Buááááááááá

Dudu disse...

O que gosto mesmo nessa época é que tem condições para todos os gostos. O sol de inverno não é quente demais, dá pra ficar o dia todo na praia. E de noite há frio suficiente pra vinhos, fondue, saídas mais agitadas ou simplesmente dormir juntinho

Marcia disse...

Eu detesto frio. É ruim pra acordar, não me sinto à vontade e acho que não me visto bem com muita roupa. Gosto daquele calor infernal e pouca roupa. Quem consegue usar uma camisola sexy num frio de matar? Nesses dias frios, eu só durmo de meia. Pronto. Confessei!
Beijos, Surfista.

ISO disse...

Chuif... aqui não tem friozinho coisa nenhuma. O calor dá uma maneirada sim... mas friozinho mesmo...nada. Só chuva, chuva, chuva, alagando tudo...
Acho lindo tb, casacos, botas, cachecóis...rss mas querer usar isso aqui numa noita mais "fria" de 20 graus vira piada kkkkk. Só indo pra Sampa mesmo...
Bjs.

Anônimo disse...

Ah surfista...eu, vc, um cobertor e muuuuito vinho....ai ai...rs...

Surfista disse...

ANÔNIMA SAPECA, então... errrr... obrigado!

RUIVA, o Hansl é uma experiência. No mais, o frio tem várias virtudes.

RUINALDINHO, rapaz, obrigado!

POPEYE E OLIVIA, quem não gosta de um cobertor de orelhas? Ainda mais nessa época do ano.

NANDA, eu morei em Petrópolis e lembro perfeitamente das madrugadas geladas. Lembro de como era doloroso acordar às seis da manhã para ir à escola. Putz!

JUJUBILDES, adorei as suas dicas sobre estabelecimentos fofos em BH.

CONTORCIONISTA, Penedo é uma delícia!

DEBORAH, não chore, menina. Uma moça da sua graça e elegância não passa noites frias em carreira solo. Aposto!

DUDU, excelente colocação! O Rio tem essas vantagens.

MARCIA, você dormindo de meias? Apenas meias? Hmmm, interessante.

ISO, pois é, no Brasil, a distribuição do frio não é por igual.

Cíntia disse...

Ah, menino. Aqui em Curitiba estamos enfrentando máxima de 13, 14 graus... Mínima? Chegou "aos negativos", mas estamos em torno de 4.

E se aprecia mocinhas com botas, aqui seria o paraíso!

Agora, francamente: não precisavam perder de 5 pro timinho verde, hein? Além de ganhar do meu rubro-negro, ainda permite a felicidade daqueles malditos?

Um beijo de terras geladas e geadas.

Surfista disse...

CINTIA, qualquer dia desses, eu vou conferir o frio paranaense.

Calcinha combinando... disse...

Aiaiaiaiaiaiaiai.... Hansl, frio(com aquele ventinho gelado vindo do mar), fondue, vinho... SU-CES-SO absoluto!!!!
E ainda há quem fale mal da nossa Barra, né????
Frio no Rio tem lá seus encantos. E não são poucos...
Se quiser companhia pra se "aventurar" no Hansl, pode contar comigo!!! rs
Bjuuuuuuuuuuuu