terça-feira, 19 de julho de 2011

Retrato do blogueiro em pequenas frases

Tomado por um súbito exibicionismo e egocentrismo, decidi escrever sobre mim. Pequenos detalhes, cacoetes e peculiaridades do meu personagem. Nada com sentido ou lógica. Apenas eu. Comecemos.

À noite, quando chego em casa, a primeira coisa que faço é ligar o som e deixar a música invadir o ambiente. Durmo sempre do lado esquerdo da cama. Tenho uma coleção de camisas de futebol. Meus CDs são organizados em ordem alfabética. Tenho TV no quarto, mas prefiro assistir aos programas na sala. Raramente uso o telefone fixo que tenho. Leio mais de um livro ao mesmo tempo e os assuntos são quase sempre diferentes. Só vi "O Poderoso Chefão" depois dos 30. Por mais quente que esteja, sempre saio para trabalhar com uma camiseta por baixo da camisa social, polo ou jaqueta. Não guardo fotos de família ou namorada na carteira. Meus tênis duram uma eternidade. Tenho uma estranha paranoia que me faz evitar sentar de costas para a porta de entrada em restaurantes. Mando postais para os amigos que moram longe. Detesto dar presentes óbvios. Tenho uma pequena pinta sobre o lado esquerdo da boca e cultivo a ilusão de que é sexy como a da Cindy Crawford. As pessoas sentem uma compulsão esquisita de me contar as coisas. Eu já vi fantasmas ou coisa parecida – três vezes. Não tenho intimidade ou vínculo com o meu irmão. Minha mãe adora arrumar as minhas coisas ao seu bel-prazer. Tenho um amigo que é padre. Nunca li uma página sequer de qualquer livro do Harry Potter. Eu me divirto tanto em filmes do Michael Bay quanto nos do Woody Allen. Cancelei o meu Orkut, mas sinto uma falta danada de visitar a comunidade gentilmente criada para este blog. Acho José Saramago muito chato. Eu não entendi "2001 – Uma Odisseia no Espaço". Adoro esportes de luta, tanto para assistir quanto para praticar. Lamento muito nunca ter aprendido a tocar violão. Eu só disse "eu te amo" para sete mulheres em toda a vida (exceto mamãe). Eu canto enquanto dirijo. Sonho em ter filhos e ouvir música com eles. Às vezes, sou meio piegas. Em 1998, eu ganhei uma medalhinha do meu padrinho e raríssimas vezes eu a tirei desde então. Tenho uma vontade de fazer uma tatuagem em homenagem à Irlanda. Eu entendo muito pouco de carros. Eu sou um poço de sensibilidade. Eu gosto muito de parágrafos que acabam com reticências...

QUAL A MORAL DA HISTÓRIA,HE-MAN?Amiguinho, (???). Olha o seu Twitter. DM para você. Mesmo com minha ultrajante sabedoria cósmica, ainda não entendi o texto. Sem mais por hoje. Sem moral também.

12 comentários:

Ruiva disse...

Saramago é um chato. Harry Potter é maneiro pacas. Tatuagem dói horrores e mães sempre se metem na nossa arrumação. Presentes óbvios são para preguiçosos e você não é o único que não entendeu 2001. Ler vários livros ao mesmo tempo se chama promiscuidade literária (e eu também a pratico) e nunca vi o Poderoso Chefão. Violão é mais difícil de tocar do que se pensa (eu tentei) e ser piegas é sinônimo de ter coração.
Adorei o seu texto, fiquei com invejinha e fiz o meu no seu espaço. rs
Beijas

Sandro Ataliba disse...

A primeira coisa que faço seja a hora que for é ligar o comp. Durmo sempre no direito (mais perto da tv); DVDs desorganizados; tel fixo, tv no quarto, tênis, ouvinte, fantasmas, HP, Saramago e filmes ídem; quase cancelei Orkut; sou extremamente ligado com meu irmão; não curto esportes de luta, a não ser nas Olimpíadas; só leio um livro por vez (e levo uma eternidade em cada um deles); não tenho intimidade com o He-man. rs
Abraço

Jongleuse disse...

Só 7? 7 é coisa pacas, surfista! Eu cheguei a incrível marca de 1 recentemente...

RUInaldinho disse...

Curti =P Põe isso nos teus perfis nas redes sociais, cara!
Abraço!
PS: faz um tempo que não passo aqui...

Navegante disse...

Po, sensacional !!!

Como eu já imaginava (por conta inclusive da nossa parceria no 365 Rotações), eu poderia replicar várias das frases aí de cima e postar como minhas (são poucas diferenças). Até o lance da pinta - mas no meu caso é sob a boca. Ah sim, eu só disse "eu te amo" pra 4 mulheres, e começo a achar que não ficarei restrito a esse número...

Nadja G. disse...

Eu gostei do post, achei fofo! Beijos

Barbara Góes disse...

Quando chego em casa, a primeira coisa que faço é ligar o computador, mesmo que tão cedo eu consiga sentar pra ver o que tá passando no mundo. Durmo encostada na parede, sou São Paulina. Todos os meus cds tem uma citação na capa. Geralmente alguma frase marcante do cd, junto ao meu nome e a data que comprei.
Odeio falar ao telefone. Gosto de ler só 1 livro por vez, mas vejo no mínimo 3 séries ao mesmo tempo.
Nunca vi o poderoso chefão, gosto de usar tenis, mas acho que eles não combinam comigo. Tenho muita dificuldade de dar presentes, principalmente às pessoas que amo! As pessoas também sentem uma compulsão esquisita de me contar as coisas. Sou apaixonada e ciumenta por meus pais e irmãos. Não saí do orkut, ainda, e cada dia entro em mais mídias e comunidades virtuais. Adoro esportes e pretendo trabalhar com isso um dia. Já fui goleira de futsal e atacante de handbol. Toco violão e contrabaixo desde os 14 anos e um dia pretendo tocar violoncelo. Aumento o som do carro enquanto dirijo e canto nas alturas!
Pretendo fazer uma tatuagem com uma clave de fá! Eu também gosto muito de parágrafos que acabam com reticências... e adoro vir aqui saber mais de tu!

=)

Surfista disse...

Olha que surpresa. Não imaginava que um texto tão boboquinha rendesse comentários tão legais. Fico lisonjeado.

RUIVA, SANDRO e BÁRBARA, obrigado pelas confissões.

NAVEGANTE, tamo junto!

NADJA, Gracias! Besos.

RUINALDINHO, que bom ver você por aqui de novo. Acho que é um descritivo muito longo para redes sociais.

JONGLEUSE, 7 é o número da perfeição. Bom te ver por aqui de novo também ; )

Camilla disse...

Primeira coisa que faço qd chego em casa é tirar o relógio do pulso. Quase não assisto tv. Só filmes, quando tenho tempo. Leio mais de um livro ao mesmo tempo, geralmente um de história e outro de literatura. Nunca li Harry Potter e nem sinto vontade. Só disse eu te amo uma vez. Não sou muito ligada em bichos, mas descobri recentemente que gosto de gatos, mas ñ conto pra ng pra n perder a pose. Quando dirijo gosto de dar entrevistas pro Jô, aí em cada uma mudo de profissão e o motivo de estar no programa. Já li todos os seus posts, e de vez enquando, quando encontro um cara legal, fico imaginando que ele poderia ser vc. ;)

Mulherzinha Sim! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mulherzinha Sim! disse...

Achei uma série de coisas em comum. Seguem abaixo:

- Quando chego em casa, a primeira coisa que faço é ligar o som;

- Tenho TV no quarto, mas prefiro assistir aos programas na sala;

- Eu tenho uma pinta na boca, mas ela é exatamente no lábio superior. Às vezes, algumas pessoas notam e comentam;

- Nunca li uma página sequer de qualquer livro do Harry Potter;

- Lamento muito nunca ter aprendido a tocar violão (mas pode ser que eu ainda aprenda);

- Eu canto enquanto dirijo e entendo muito pouco de carros.

Enfim, legal conhecer um pouco mais das pessoas que temos "um certo contato" e saber que nem sempre nossas manias são só nossas. rs

Carla disse...

Fiquei comovida com a menção à comunidade do Orkut. :-)
Parece que realmente vc gostou da homenagem da sua ex-assídua leitora!!! Mas ainda leitora!! Bj