segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

O melhor amigo do homem

Por mais que eu goste muito delas, sou obrigado a admitir: mulheres são bichos traiçoeiros. E juro que já ouvi essa opinião de muitas fêmeas.

- Tenho muitas colegas, mas prefiro amigos do sexo masculino - declara uma amiga.

Penso que homens são muito mais companheiros e cúmplices que as mulheres. Porém, quando conquistadas, as moças movem um mundo por você. O difícil é encontrar essas peças raras ou descobrir o mapa da mina.

Bom, sobre o tema, tenho um tio que se diz doutor. Depois de umas rodadas de Johnnie Walker (faixa preta, terceiro dan), fui agraciado com uma história sensacional. Ele jura de pés juntos que é a mais pura verdade. Eu acreditei.

Era um vez...

Já passava da meia-noite e Astolfo estava preocupado com a esposa que não chegava e não dava notícias. Insistente, ele tentava o celular, mas continuava caindo na caixa de mensagens. Quando estava quase ligando para a polícia, Lucinda retornou uma ligação.

- Querido, estou bem. Vou passar a noite fora. Amanhã te explico - e desligou sem maiores detalhes. Um pouco mais tranqüilo por saber que a mulher estava pelo menos viva, Astolfo decidiu ir dormir e apurar o fato no dia seguinte.

Quando reencontrou Lucinda, foi direto ao ponto:

- Onde você esteve?

- Oi, amor. Passei a noite com uma amiga. Ontem choveu muito.

Astolfo não seguiu com o interrogatório. Pensou duas vezes e preferiu investigar por conta própria. Lembrou das cinco melhores amigas de Lucinda e ligou para cada uma delas com a mesma pergunta:

- Oi, me diz uma coisa: a Lucinda dormiu na sua casa ontem?

As respostas foram:

1ª) Não, aqui não.

2ª) Não, faz tempo que eu não vejo a Lucinda.

3ª) Não, não dormiu por aqui. Manda um beijo para ela.

4ª) Não, eu estava viajando ontem.

5ª) Não, ela está bem?

Astolfo sentiu o peso da peruca de touro em sua cabecinha preocupada. Como não havia prova concreta, resolveu dar o troco na mesma moeda.

Depois de um dia de trabalho, Lucinda voltou para casa e não encontrou o marido. Ligou, deixou recado na caixa de mensagens, mandou torpedo, enviou e-mail... fez o diabo. Perto da meia-noite, Astolfo ligou de volta.

- Amor, surgiu um imprevisto e passarei a noite na casa de um amigo. Depois a gente conversa.

Desligou.

Lucinda revirou-se de raiva. Xingou o marido com todos os palavrões conhecidos no ocidente.

- Onde você esteve, safado? - Lucinda não perdeu tempo ao reencontrá-lo.

- Passei a noite com um amigão. Ontem caiu um dilúvio. Vou para o trabalho. Beijo.

E saiu pela casa assoviando.

Lucinda teve a mesmíssima idéia e ligou para os cinco melhores amigos de Astolfo. As respostas dos camaradas fizeram o queixo da esposa desabar.

1ª) Sim, dormiu por aqui.

2ª) Sim, ele teve uma dor de cabeça e ficou por aqui.

3ª) Sim, ele dormiu no sofá.

4ª) Sim, saímos para tomar umas cervejas aqui perto e ficou tarde.

O último foi o mais amigo

5ª) Sim, dormiu aqui. Inclusive, ele ainda está dormindo.





QUAL A MORAL DA HISTÓRIA,
HE-MAN?
Ah, esses camaradas. Sou obrigado a concordar contigo, amiguinho. Os homens são um pouco mais companheiros (até mesmo das mulheres). Claro que jamais poderemos generalizar, pois mau-caráter não escolhe cueca ou calcinha. Amiguinho, procure arrumar a sua cama. Isso demonstra organização e asseio.

5 comentários:

Bibi disse...

Sócio, no fundo os dois foram burros. Quando isso acontece, você ligo pro amigo/a e avisa a ele que ele precisa mentir, ora!!

Nunca usei isso pra namorados, mas quando era adolescente usei pra dar balão nos meus pais. Ó a confissão! =)

Depois vai dar uma olhadinha no 'teaser' lá do blog. Beijos!

Ah, e sorry por ontem, a conexõ caiu aqui e não voltou nem tão cedo!

Bridget Jones disse...

Concordo com a Bibi...

A verdade é q tem q organizar bem o estratagema, ou a coisa não funciona. Tem q ligar para a amiga e avisar, né?

Mas uma coisa é certa: Homens adoram acobertar os outros mesmo qdo não são solicitados. Uma solidariedade coletiva fora do normal!

Anônimo disse...

Meu Bom,

O ponto principal do texto é constatação de que as mulheres têm memória curta, e adotam 2 pesos e 2medidas para a mesma situação.

Repare que a Lucinda não teria motivos para se irritar, já que fizera a mesma coisa na noite anterior. Simples assim.

Astolfo, também conhecido como Rogéria, na verdade deve ter mais amiguinhos do que sonha Lucinda.

Abs.

O Noivo

Vulgo Dudu disse...

Muito bom, mas tem cara de piada! Hahahaha!

Abs!

Surfista disse...

BIBI, o que menos importa é a estratégia. Nenhum dos dois era macaco velho.
BRIDGET JONES, você pegou o espírito da coisa.
NOIVO, não entrarei no mérito das "amizades" do bom Astolfo, mesmo porque não conheço o santo, só o milagre.
VULGO, tem cara de piada, mas foi me relatado como se fosse verídico.