quinta-feira, 19 de junho de 2008

De repente 30...

Aconteceu. Era inevitável. Assim, sem mais nem menos, acordei com 30 anos.

30, 30, 30, 30, 30, 30...

Não doeu nada. A ficha está caindo aos poucos e ainda estou ponderando sobre a importância dessa marca. Em um rápido exercício de restrospectiva, puxei as últimas duas viradas de década.

Lembro vagamente dos meus 10 anos. Eu assistia a Xuxa, não perdia um episódio do He-Man, achava a Luciana Vendramini um espetáculo, esperava pelo último episódio de "Caverna do Dragão", queria ser dentista e devorava gibis da Turma da Mônica e do Homem-Aranha. Lembro bem do aniversádio de 20 anos. Já cursando faculdade de comunicação, os únicos pontos mantidos foram os gibis e a Luciana Vendramini.

Mas, a entrada na terceira década me fez refletir sobre tudo que já vi e vivi. E olha que não foi pouco. Pegando um ponto de vista macro, o cara que completa trintão em 2008 vive em velocidade máxima. O ritmo alucinado dos acontecimentos entre 1978 e 2008 são muito mais nítidos do que em períodos anteriores. Sem muita organização, veja quanta coisa:

1. Enquanto as mulheres usavam cabelos com o visual Sarah Connor, o Brasil afundava na inflação com cruzeiro, cruzado, URV e o escambau. Enquanto as moedas mudavam, o país viabilizava a abertura política. O fim da ditadura e o "Movimento Diretas Já" foram embalados por Milton Nascimento cantando "Coração de Estudante" e Fafá de Belém defendendo hino nacinal.

2. Aí, veio o Collor, o primeiro Presidente carateca do Brasil. Aí, foi-se o Collor, o primeiro Presidente deposto da nossa história. Quem entrou no lugar dele foi o Itamar Franco, o primeiro Presidente a ser fotografado ao lado de uma "modelo" sem calcinha e fazer juras de amor depois. No embalo dos "primeiros" veio o Lula, o primeiro Presidente sem o primeiro grau completo. Não é que tem dado certo?

3. Mundo afora, caiu o socialismo. Reagan e Gorbachev esconderam seus mísseis e adiaram o apocalipse. Com menos poder e mais atitude, um estudante coreano bloqueou um comboio de tanques (se é que o coletivo de tanque é comboio) em Seul. O Muro de Berlim desabou, a União Soviética acabou e Rocky Balboa derrotou Ivan Drago em Moscou.

4. Nas Olimpíadas de 1984, uma corredora suiça completou a maratona em último, toda torta, e se tornou símbolo de superação. Viva o espírito olímpico. Sem qualquer fair-play, mas jogando uma enormidade, Dieguito Maradona faturou a copa de 1986 com direito a gol de mão e tudo. O Brasil só deu o troco em 1994 com Romário e companhia. Foi vice em 1998 e voltou a ganhar em 2002, com baile de Ronaldo Cascão em cima da Alemanha. No Brasil, o Flamengo e São Paulo se sagraram pentacampeões nacionais. Nesse meio tempo, ainda teve o gol do Petkovic na final do Carioca de 2001, o mais emocionante da história.

5 .Ainda nos esportes, brilharam Ayrton Senna, Gustavo Kuerten, Michael Schumacher, Michael Jordan, Dream Team dos Estados Unidos na Olimpíada de 1992, Ronaldo, Hortência, Magic Paula, Marta (versão feminina e melhorada do Cabañas) e o vôlei brasileiro. Ah, o vôlei se consolidou como o segundo esporte nacional, graças às brigas com as cubanas e o fenômeno Bernardinho, que colocou o esquadrão nacional no topo da cadeia alimentar internacional. O treinador russo e psicopata que gritava com as jogadoras loirinhas ajudou na mística.

6. Voltando aos acontecimentos internacionais, Bill Clinton tocou sax na Casa Branca e depois passou o rodo na estagiária. Entre o sax e o sexo, Hillary, a primeira-dama e corna, superou. Anos depois, quase foi a primeira mulher a assumir a presidência dos EUA, em sequência ao George W. Bush. Aliás, o W. Bush foi um show a parte. Durante sua gestão, o mundo virou um pardieiro de arbitrariedades. Depois do famigerado 11 de Setembro, o Oriente Médio virou filial do McDonald's, Osama continuou entocado e Saddam Hussein morreu. Seu paradeiro só foi revelado no filme"South Park".

7. Finalizando, porque listas longas enchem o saco, ainda rolou o Bug do Milênio, a crise do apagão, orkut, sexo virtual, Dolly (a ovelha mutante cult clonada), células-tronco, Dan Brown, Paulo Coelho, colapso aéreo, blogs, "Central do Brasil", fim dos Trapalhões, "Sex and the City", "Arquivo X", "24 Horas", "Lost"...

Ufa, chega. Acho que me sinto um privilegiado por ter visto tanta coisa com a consciência da importância de cada um desses eventos. Mal posso esperar pelo próximo capítulo.



QUAL A MORAL DA HISTÓRIA,
HE-MAN?

Feliz aniversário, amiguinho balzaquiano. Se liga nas palavras sábias do He-Man (que já passou dos trinta faz tempo): a melhor parte dessa idade é que você poderá "atender" meninas de 20 a 40 tranquilamente.

19 comentários:

Bruninha disse...

Surfista,

Parabéns!!!

Deus te abençõe sempre. E que vc continue sendo essa pessoa alegre, sincera, divertida, flamenguista, companheira, adoravel e outros elogios a mais!!

Beijos.

Bibi disse...

Feliz aniversário de novo, Doug. E, querido, se eu chegar aos 30 com sua forma estarei feliz da vida, é sério. Parabéns pro trintão mais bonito e charmoso da blogosfera!

(Tá, daqui a pouco a gente combina o meu cachê. hehehe)

Beijos!

contorcionista disse...

Que moral da história machista!


www.balzacsemprozac.blogspot.com

iso9002 disse...

Pois é Doug... teoricamente fazer 30 nem dói, mas eu me assustei bastante quando o meu dia chegou. É meio esquisito sim mudar a casa da dezena.
Bom.. mas agora eu tenho 32 e já acho que estar na casa dos 30 é muito bom! Está sendo interessante.
Bjs e seja bem vindo ao grupo.

Dari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dari disse...

Puxa, vc se superou!

Embora não lembre de alguns fatos, já que tenho um pouco menos de 30 rs, consegui vibrar com suas lembranças, são memórias coletivas acho...

Parabéns pelo aniversário, e especialmente pelo post...
muito bom!

Bjus!

Alfa disse...

Seu post foi inspirado no comercial da Honda? A moto tb é balzaquiana rsrs...
Já dei parabéns por telefone, mas não custa desejar de novo rsrs...
Parabéns!!! Mts felicidades, saúde, paz e sucesso! Que Deus abençoe e ilumine a sua vida!
bjs

damaria disse...

O melhor de ter feito trinta pra mim é ouvir as pessoas dizendo: "Trinta?????" assim, com uma ênfase, como se eu fosse uma criança mentindo a idade! Não tô aqui me gabando da minha humilde aparência não, rssss, mas acho que os balzacas de hoje estão bem melhores do que os de 10 anos atrás. E eu continuo prestando atenção ao que diz um grande amigo meu: estar bem aos 20 é fácil. Aos 40 é cuidado. Estamos no meio do caminho! Que seus 30 sejam muito bons!

Ptisa Molodói disse...

Parabéns !!!!
Muitas felicidades hein e tudo de bom ???
Ah, deixa eu aproveitar e falar... lembra de Paranapiacaba? Então, saiu a programação... tb saiu a do festival de Ribeirão...
Tá, td bem... é meio fim do mundo... mais frio e chocolates são fodásticos...
bjs

andréa disse...

Querido surfistinha,

Adorei a retrospectiva pois, nós balzaquianas atentas,presenciamos
todos esses acontecimentos.
Bem, preciso lhe dizer q o aniversário é seu , mas quem sempre ganha presente somos nós leitoras e fãs do herói platinado!!!
Parabéns, tomara q vc tenha aproveitado sem moderação o seu dia!

bjos

Carla Beatriz disse...

Surfista,

Parabéns pelos 30 anos! A gente começa a ver a vida diferente depois dos 30 anos, acredite!

Quanto a mim, em breve farei 40 anos, uma década a mais que 30 e já estou começando a entender que a experiência te ensina muito ... :-)

Quem me dera ter 30 anos com a experiência que tenho hoje! ;-)

Surfista disse...

No começo, não gostei desse texto. Achei que estava muito "Almanaque dos Anos 80". Não senti nele a naturalidade de outras reflexões. No fim das contas, revisei e publiquei. Relendo agora, vejo o quanto eu estava apreensivo sobre os tais 30 anos. Acho que estou encarando tudo com um otimismo danado. O Peter Pan que ainda existe em mim está tranquilão, está numa boa curtindo o batidão.


BRUNINHA, obrigado! Adorei!

BIBI,obrigado! Puxa, estou me achando muito agora.

CONTORCIONISTA, foi um final torpe. He-Man nem sempre é uma flor de pessoa com conselhos construtivos. Fechou como um sasquatch.

ISO9002, eu entendo perfeitamente. Obrigado!

DARI, obrigado! Fique atenta ao universo ao seu redor e logo você terá dúzias de lembranças legais.

ALFA, não vi o comercial da Honda. É nostálgico também? Obrigado!

MARIA, para você, que é um mulherão, é fácil. Obrigado!

PTISA, obrigado! Frio e chocolate formam sempre uma combinação extraordinária. Aliás, chocolate e qualquer coisa formam uma combinação extraordinária.

ANDRÉA, obrigado! Queria que você soubesse o quanto o seu recadinho me deixou feliz.

CARLA BEATRIZ, obrigado! Olha, já percebi que todos nós vivemos remoendo os últimos 10 anos. Eu já quis voltar aos 20 com a cuca que tenho hoje. Mudei de idéia. Acho que só me tornei o que sou por causa daquela imaturidade e cabeça dura.

Lívia disse...

Você leva 5 anos de vantagem, mas me senti reconhecida nessa retrospectiva.

Nada como ficar velha e ver que tanta coisa passou, e ainda lembramos!

feliz aniversário (atrasado)

Dzinha disse...

Seu coroa!!!!!!!!
Assim.... eu acho suuuuuuuuper piegas essa coisa de "feliz aniversário" e "tudo de bom, saude, paz e prosperidade"....
Mas eh delicioso ouvir essas coisinhas.
Então desejo a voce todas essas coisas que vc vai ouvir o dia todo. E muita criatividade para este blog.
Comemore bastante, Doug.
Um beijo muito grande.
(ai q hj eu to sem inspiracao nenhuma...)

Lola disse...

Te achei por aí... Mais precisamente, no blog da Carla, resolvi olhar...
Cheguei na hora dos parabéns, então, não poderia deixar de desejar muita saúde e no mínimo, mais 30, no mínimo, antes que reclame!
Vou confessar que não li todo o post, quando Você começou a recordar os trinta anos, juro que tentei, mas acreditei em sua ótima memória e pulei,rsss... Aliás, se você anda bem como ela, está de parabéns também,rsss...

PS: Caverna do dragão eu ainda gosto e ainda acredito que um dia farão um filme com o final :)...
Beijo.

Cíntia disse...

Mocinho, mandei os parabéns atrasados via email.
Mas para não perder o costume, cá estou cumprimentando você por mais um ano de vida.

Continua assim, garoto!
Gosto muito de você :)
Beijos!

Alfa disse...

Ele realmente fez 30 anos rs... Estive com ele e confirmei tal fato. Agora tenho mais um amigo balzaquiano. A diferença é que este não perde a alegria de ser criança e o pique de um adolescente rsrsrs...
Obrigada por tudo!!! Se precisar conversar, pode contar cmg!
bjs

rancorizando disse...

Olha só, 30 anos! Tudibão, surfista!

Dzinha disse...

Doug, querido.. não perde nada em não conhecer aquela música. Definitivamente, não é das melhores do Kid Abelha.
Mas eu a conheço, e ela descreve perfeitamente meu estado de espírito atualmente.

Como foi a comemoração, menino?
Beijocas