segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Dor de marmanjo

Antes de bater as botas, Cazuza (sim, aquele do Barão Vermelho) deixou uma meia-dúzia de frases para ecoar por gerações. Entre um porre e outro, uma das suas grandes sacadas foi descobrir que "as grandes verdades da vida são ditas na cama". E é sobre a realidade que surge entre quatro paredes que ouvi uma aventura digna de compartilhar com vocês.

Chicão é o tipo de nome que dispensa maiores apresentações. Você ouve esse nome e já procura um armário-três-por-quatro. Pois esse meu amigo era assim mesmo. Pois bem, além de malhador compulsivo e lutador de todas as modalidades de combate desarmado conhecidas pela humanidade, Chicão era advogado. Ele poderia moer seus oponentes na pancada e ainda tinha conhecimento sobre leis para arrancar até sua alma - legalmente. Se o Caveirão tivesse uma encarnação humana, seria o Chicão.

O mais engraçado é que o danado simpatizou comigo. Não sou um cara pequeno aos padrões brasileiros, mas quando estávamos juntos, nós parecíamos o Zeca Pagodinho e o Arlindo Cruz. Por essas e outras, ele me chamava de Peso Pena. É o típico humor de brutamontes.

Num desses chopps regados a um bom sambinha, Chicão me revelou que estava apaixonado. Um mês depois, eu conheci a Alaíde, morena de olhos verdes e porte atlético digno da Feiticeira em seus tempos áureos. É engraçado como essas figuras sempre se encontram. Dificilmente, você encontrará um emo saindo com uma pagodeira. Acho que poderia haver um cataclisma no tempo e espaço daqueles o Doutor Brown explicou em "De Volta para o Futuro". Enfim, o casal estava tão feliz que o mamute permitia ser chamado publicamente de Chiquinho.

Ah, o amor.

Num happy-hour descompromissado, encontrei com o Chiquinho, quer dizer, Chicão todo engravatado. Ele sentou ao meu lado e começamos a beber. Lá pela oitava tulipa, a combinação entre Deca Durabolin, Deca Durateston, Estrol, Promabolim, Hemogenine e Brahma gelada soltou a língua do malandro. Então, ouvi uma daquelas que só eu mesmo para guardar os detalhes na caixa-preta durante uma bebedeira.

- Ontem tive a primeira noite de amor com a Alaíde – começou.

Aliás, olha que engraçado. Se fosse uma safadinha qualquer, seria mais uma ripada, mas como era a namorada, tratou-se da primeira noite de amor.

Segue o jogo.

- Tu não imagina o que rolou, Peso Pena.

- Conta – joguei querosene na tenda do circo.

- Montei todo um cenário bacana. Armei um jantarzinho lá em casa, botei um hip-hop melódico, deixei a luz baixinha e coloquei umas três garrafas de Santa Carolina por perto. Ela chegou toda perfumadinha, toda lindinha, toda gostosinha. Meu coração disparou, maluco.

- E aí?

- A gente beliscou o lance lá e foi direto pros finalmente. Sabe como é, né? Sexo depois da refeição pode dar indigestão.

Ele bebeu mais uma golada de chopp e continuo com a saga.

- No meio do bem-bom, a Alaíde foi no meu ouvidinho e disse:

"Bate na minha cara".

- Bati de levinho e ela repetia.

"Bate mais".

- E eu bati.

"Forte, Chiquinho"

- Aumentei um pouquinho a força. Ela berrou e eu achei que estava agradando.

"Bate que nem homem, porra! Bate assim ó!"

Cheguei até a ouvir a bordoada. Quase engasguei com a cerveja.

SPLAFT!

- E a mulher me enfiou um tabefe daqueles de novela. Nunca ninguém me acertou uma cacetada dessas. Nem mamãe me bateu assim, Fiquei com os olhos cheios de lágrimas. Doeu lá no fundão.

E precisa de conclusão? Nunca mais se separaram. Semana passada recebi o convite para mais um casório.


***



QUAL A MORAL DA HISTÓRIA,
HE-MAN?

Pois é, amiguinho, fechou a porta do quarto, vale tudo. Eu sou da opinião que sexo é como pizza: até quando é ruim, é bom. Então, seja participativo, seja solidário durante o ato. Torne a pizza boa para ambos. Se o jogo fosse bom apenas para um, todo homem se contentaria com uma boneca inflável e os inventores do rabbit estariam mais ricos que o Bill Gates. O mais legal é descobrir como incendiar a relação sempre que puder. Romantismo é fundamental, mas saiba ser homem na hora de ser homem. Ajoelhou, tem que rezar. Bom, chega por hoje. Lembre-se de comer todas as suas refeições e só depois as sobremesas.

NOTA DO HE-MAN: Odeio explicar minhas divagações, mas vá lá. Acho que só a mulherada independente entendeu de primeira. Pra quem não acompanhou a piada, rabbit é aquele vibrador em forma de coelho que fez sucesso na série "Sex and the City".
.

9 comentários:

Vulgo Dudu disse...

He-Man é mestre mesmo. Sexo é como pizza: até quando é ruim é bom. Perfeito!

Ô Dougra, e essa quantidade de nomes de, creio eu, anabolizantes? Que conhecimento adquirido é esse?

Abs!

Bibi disse...

Uma das minhas frases favoritas: "sexo, pizza e night, até quando é ruim é bom"

=) Mas que bom que o cara entendeu. Conheço alguns marmanjos que se dizem liberados que iam fugir da moça, taxando-a de puta e libertina...

=============

Goleadora sim senhor! Jogo de centro-avante dentro das quatro linhas (é, eu adoro futebol) e na vida também. Não vim aqui pra assistir... rs

Beijo e boa semana!

Surfista disse...

VULGO, o conhecimento vem da pesquisa. Nada mais.

BIBI, quem diria que a pizza seria uma unanimidade, não? Quando escrevi, achei que fosse rolar uma milícia anti-mussarela. Eu me amarro em ambos: sexo e pizza.

ISO9002 disse...

Hehehe! Acho q a historinha da pizza e do sexo é unanimidade sim.
Só acrescento mais uma observação que me ocorreu agora: entre a pizza ruim e o sexo ruim, é melhor a pizza ruim. Entre a pizza boa e o sexo bom, bem melhor o segundo! Hehehe.
Bjos.

Bibi disse...

Você achou que eu fui mto exigente??? É o mínimo. Veja pq...

homem, hétero - sim, pq gays ou mulheres não são a minha praia.

mora no Rio - tô fora de relacionamento à distância

não está na terceira idade - eu tenho só 22. Não é pedir demais, acho que é bem razoável que ele não tenha a idade do meu avô!

livre e desimpedido - não quero ser a 'outra', isso é a maior furada. Experiência própria.

toma banho com freqüência - eu sou uma moça cheirosinha, não posso ser vista ao lado de um porquinho

não é um completo barango - Não pedi para que ele seja bonito, só para que não seja horroroso... =) Ah, vai, bem razoável também.

e NÃO É UM HÉLIO - Parte mais importante. Já sofri com muitos do tipo na vida. Tô querendo novos ares...

Lendo isso tudo, acho até que já fui bem mais exigente na vida, hein! rs

Bjo!

Surfista disse...

BIBI, olhando por esse prisma, você está até exigindo pouco.
ISO9002 (CARLA?), melhor não seria os dois ao mesmo tempo ou intercalados?

Du disse...

kkk... um "armario tres por quatro" falando q um tapa doeu no fundo... eh uma cena q merece a eternidade!

abr

Surfista disse...

DU, tem certas porradas que doem na alma, né? Seja bem-vindo!

VIVI disse...

OI POR ACASO VIM PARAR AQUI,
TENHO ACHADO MUITA GRAÇA DESSES SEUS COMENTS,
FALA AÌ,SAO VERDADES ,MEIAS VERDADES OU INVENÇOES MESMO?!
XAU,