sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O dia em que um rolo compressor me atropelou

Tão certo quanto tomar um porre na Irlanda é que eu arrumaria um tatame para treinar jiu-jitsu por aqui. Após surfar pela internet, descobri uma academia a poucos quarteirões de casa. Fiz uma visita, gostei e tirei o velho quimono da mala. Na noite seguinte, eu já estava pontualmente em formação e aquecendo junto aos outros alunos.

A turma tinha umas 10 pessoas, entre irlandeses, brasileiros e um cara com possível ascendência árabe. Um dos irlandeses era um gigante. O indivíduo parecia ter uns 120kg distribuídos em 1,90m de altura. Um monstro!

Para você ter uma noção, o apelido da fera era Big Man! Advinha com quem me botaram para fazer o primeiro treino?

- Big Man, pega o Douglas, o novato.

Convenhamos, isso foi totalmente previsível. Sempre que aparecia um "visitante" na minha academia brasileira, o instrutor escolhia um búfalo ou um cara muito técnico para dar as "boas-vindas". Comigo não seria diferente.

Em um primeiro momento, achei que o cara era gordo e alto. Ao tentar botar o touro para baixo percebi que ele era todo sólido, todo blindado.

Caceta, o cara não é obeso. Ele é forte mesmo! E com a cabeça raspada na máquina zero, ele é o próprio Rei do Crime, o inimigo do Demolidor.

Pois bem, o cara era forte, mas não tinha nenhuma técnica. Então, sua arma era esmagar o oponente e isso ele fazia com primazia. Durante longos minutos, fui esmagado, espremido e amassado. A sensação era de estar sob um rolo compressor irlandês. Sobrevivi!

- Douglas! Agora, pega o nosso faixa marrom!

Delícia! Após ser quase pulverizado, eu seria devidamente surrado com técnica. Menos mal!

Como previsto, tomei um sacode digno de quem está parado há meses e resolve bater de frente com um atleta em atividade.

Agora, a parte que torna este relato digno de nota neste blog. Ao fim da aula, fui cumprimentar o gigante irlandês, que era bem simpático. Me apresentei e perguntei o seu nome...

- Bully - ele respondeu.

Como assim??? O cara mais ameaçador da academia se chama Bully! Em português, bully significa "aquele que maltrata", mais ou menos.

QUAL A MORAL DA HISTÓRIA,
HE-MAN?
Amiguinho, a lição que você deve aprender e praticar é a da humildade. Seja humilde e reconheça as suas limitações atuais. Não exija do seu corpo a performance de meses atrás, principalmente no que diz respeito ao seu joelho chumbado. Pega leve e vá recuperando a velha forma aos poucos. Amiguinho, não deixe acumular louças, copos e outros utensílios domésticos na sua pia. Até a próxima!!!

2 comentários:

RUInaldinho disse...

Big Man perde fácil pro Coronel Nascimento...hehehehe

Hugs, Surfer!

Vulgo Dudu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.