quarta-feira, 31 de outubro de 2007

O homem de Itú

Você lembra da Rebeca? Aquela menina que passou uma noite de cão ao lado do Poderoso Thor? Pois ela me apareceu com outra história que merece registro do Surfista Platinado.

Quando Rebeca me ligou às onze da noite, eu sabia que eu teria pauta para escrever.

- Você não tem noção do absurdo que ouvi, querido - ela começou metralhando.

- Calma, Rebeca. Começa pelo começo. Quero saber os detalhes sórdidos.

- Conheci o Ataulfo e o cara parecia o príncipe encantado. Era bonitão, rico, charmoso, hetero, sem filhos... apetitoso. No que eu bati o olho, pensei: esse morre na minha mão.

- Continua.

- Então, ficamos conversando amenidades e ele me chamou para sair. Combinamos um jantar japonês. Querido, você sabe que jantar japonês é sinal de que o cara está investindo na situação. E eu estava louquíssima para ser investida. Eu queria virar sushi, mas torcia para que ele não tivesse pauzinho. Eu pensei nisso, mas nem imaginava o que estava por vir.

- Rebeca, comporte-se.

- Tá bom, tá bom. Desculpa, machão.

- E o Ataulfo?

- Doug, ele estava com tudo a favor. Não precisaria nem suar a camisa, mas ele mandou uma tão ruim, mas tão ruim, que o castelo se desmanchou.

- Mal posso esperar.

- Olha, nem durou muito. Fomos no Tanaka lá do Joá, e assim que sentamos, ele mandou um petardo que me deixou sem reação. Sabe o que ele disse?

- Conta logo, mulher.

Rebeca engrossou a voz.

- "Amor, preciso que você saiba uma coisa. Meu instrumento é imenso, então é difícil achar uma camisinha que caiba. Precisamos parar numa sex-shop para que eu compre uma tamanho GG". Doug, onde eu enfiaria a cara?

Maluco, nunca ouvi coisa igual. Nem nas crônicas da Bibi, vi um malandro disparar uma imbecilidade dessas.

- E você, Rebeca? Fez o quê?

- Assim que recuperei os sentidos depois dessa estupidez, pedi licença para ir ao banheiro, saí do restaurante e peguei um táxi para casa.

- Mandou bem.

- E o Ataulfo?

- Deve estar na sex-shop comprando camisinhas GG para o seu instrumento descomunal.


QUAL A MORAL DA HISTÓRIA,
HE-MAN?
Amiguinhas, o papo agora é só para vocês. Como é possível que vocês se iludam com as aparências? Coisa de amadora, hein?! He-Man deveria lhe dar umas espadadas no bum-bum (no bom sentido). Não sou expert nas vivências femininas, mas nunca esqueci daquele ditado que dizia "por fora, bela viola. Por dentro, pão bolorento". Antes de qualquer perspectiva positiva, a dica é que você faça um test-drive no papo do rapaz. Bota ele para conjugar o verbo "ser" no pretérito perfeito, pergunta quem descobriu as Américas, verifique se ele sabe a tabuada de multiplicar por sete e outras coisas. Tenha o mínimo de critério intelectual, pelo amor de Deus! Amiguinha, não fale mal das suas coleguinhas pelos cantos. Isso é muito feio. Até a próxima!

7 comentários:

Bob disse...

Pois é, rapaz. Mulher se acha tão mais inteligente, tão superior e sensível, e ainda cai nesse truque primário das aparências.

Agora, se o cara tivesse um papo bom, inteligente e tals, e chegasse na hora o tamanho não fosse GG, será q ela correria no sex shop pra ver se ainda encontrava o homem de itu por lá?

Bibi disse...

Primeiro: obrigada pelo link! =D

Segundo: esta realmente é INÉDITA! Olha que eu já ouvi de td... Até uma mulher que ouviu que 'fulano tinha 13cm' e gritou pra td mundo ouvir: 'geeeeentem, é mto grande'. Mas essa aí...

Avisa pro bofe que propaganda assim NÃO SE FAZ. Fora que a surpresa é sempre tão mais divertida... E quem disse que a amiga ia pra cama com ele?! Enfim... errou em tantos níveis. Só me ufano de sua amiga por ela ter ido embora. Esta é das minhas!

Beijinho, partner!

Dudu disse...

Putz, como tem mané nesse mundo... Aposto que nessa hora ela sentiu até saudade do Deus do Trovão. :)

E com certeza esse cara não tinha nem metade da jeba que estava propagandeando. Porque se tivesse, teria vergonha de ficar falando assim na lata, pois quem tem sabe que espanta a freguesia

Guto disse...

mentira, não acredito...UHEEHIEUI
É muito besta o cara pra falar uma coisa dessas O.o
www.augustoyoh.wordpress.com

Vulgo Dudu disse...

Hahahahaha! Muito bom! Essa frase foi a melhor:

"Eu queria virar sushi, mas torcia para que ele não tivesse pauzinho."

Abs!

Surfista disse...

BOB, pelo que ouço, o tamanho é importante, mas não é essencial.
BIBI, quanto ao link, tá em casa, sócia. Quanto ao pitaco, lembrei de ti quando ouvi essa proeza. É uma daquelas declarações tipicamente "helioísticas"
DUDU, rapaz, você é o ás dos pitacos de efeito. "E com certeza esse cara não tinha nem metade da jeba que estava propagandeando". Nada menos que perfeito!
GUTO, quem tem boca fala o que quiser.
VULGO, o que eu mais gosto nos relatos que me fazem são as pérolas no discurso. Essa foi impagável.

Bom feriado a todos e He-Man continua pronto para solucionar os dilemas dos leitores. No futuro, trarei novidades.

Bibi disse...

Partner, sua história foi mesa em tema de bar ontem. Tds morremos de rir. Aproveitei pra fazer aquela propaganda bááááásica! hehehe Beijocas